DEFINIÇÃO - Arquitetura com materias recicláveis

Um projeto que precisa ser priorizado pelos futuros governos municipais do país é o da reciclagem de resíduos sólidos oriundos da construção civil. Consiste no reaproveitamento do entulho proveniente da execução de obras de engenharia ou da demolição de construções existentes, coisa comum hoje em nosso estado, em função da expansão imobiliária espalhadapor toda a cidades. Ao invés desse material ou entulho ser jogado fora ou ficar em áreas inapropriadas poluindo as cidades, deve ser reciclado, pois produz uma ótima matéria-prima.

O processo se inicia com o recolhimentodo entulho ao local da usina de reciclagem. Inicialmente,é feita uma catação manual, para permitir a separação de resíduos, tipo plástico, madeira e papelão. O material resultante, composto por restos de concreto, materiaiscerâmicos e revestimentos – entulho pétreo, passa por uma reciclagem – trituração e forma um excelente material para ser reaproveitado.

A matéria-prima produzida em conseqüência do processo de reciclagem permitirá a utilização do material tanto na fabricação de tijolos, como na execução de bases e sub-bases para pavimentos urbanos. Isto trará uma economia considerável na execução de obras de infra-estrutura e de conjuntos habitacionais.

A grande vantagem do processo será a geração de emprego e renda, além de se constituir numa solução ambiental, sócio-econômica e atender a resolução 307 do CONAMA – Conselho Nacional de Meio Ambiente.

São projetos como esse, que contribuirão para garantir a sustentabilidade da vida urbana em nossas cidades. Já existem algumas experiências em cidades brasileiras que deram certo com essa tecnologia. Uma delas podemos citar a cidade de Belo Horizonte, que é referência mundial na reciclagem de resíduos sólidos.

Atualmente, é comum verificarmos entulhos em nosso estado, transportados em caminhões ou em carroças, sendo deixados em calçadas ou em terrenos. Isto polui as cidades, tanto ambientalmente como visualmente e pode ainda trazer várias doenças.

Na implantação de um projeto de reciclagem de resíduos sólidos é preciso também identificar algumas áreas das cidades, que possam receber os entulhos – áreas de armazenamento provisório. Isto diminuirá a distância de transporte e disciplinará a descarga dos entulhos. Os restos de construção deixados nessas áreas por caminhões e carroças deverão ser posteriormente transportados para a usina para serem reciclados. Já as pequenas, médias e grandes construtoras terão obrigatoriamente de transportar os resíduos diretamente para o local da usina. Uma lei municipal disciplinaria as descargas dos entulhos.

Alagoas como um dos pólos turísticos do nordeste precisa implantar projetos que garantam cada vez mais a sua sustentabilidade.

Edinaldo Marques de Melo

Engenheiro Civil,Professor da UFAL,
Mestre em Administração, Consultor,
Palestrante e Secretário SEMAB Alagoas.

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License