De Onde Vem Essa Idéia?

Voltar ao MENU

Essa idéia tem raízes profundas na prática de princípios como igualdade, cooperação, democracia.

A Economia Solidária não é algo que aconteceu por decreto, nem é fruto de uma cabeça privilegiada que, em um momento inspirado, se deu conta de que, assim como estamos, as coisas só irão de mal a pior. A economia solidária é o movimento amplo e profundo, cujas as raízes históricas se encontram nas nações e nas lutas de organizações de trabalhadores, de movimentos populares, de grupos engajados nas universidades e nas igrejas. Um movimento vivo, dinâmico, que se fortalece e se organiza cada vez mais e que começa a contar também com apoio de governos.

Os brasileiros e brasileiras estão se unindo para fazer economia solidária porque os frutos da economia dominante são muito amargos: desemprego, falta de terra para trabalhar, destruição do meio ambiente, ricos ficando cada vez mais ricos e pobres cada vez mais pobres. É isso que acontece quando o lucro vem em primeiro lugar. Na economia solidária, o mais importante é a vida, são as pessoas.

A economia solidária é uma realidade presente, que abre perspectivas de um futuro diferente, infinitamente melhor para todos.

Fonte: Cartilha do Ministério da Cultura

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License