Como é Isso Na Prática?

voltar ao MENU

A economia solidária não é um sonho distante.
Ela já está acontecendo, hoje, aqui mesmo, agora. E esta crescendo rapidamente, se espalhando pelo país inteiro, em milhares de emrpeendimentos econômicos. Repare, e vai encontrar, talvez bem perto de você:

  • Associações, cooperativas, clubes de trocas, redes, complexos cooperativos;
  • Agricultores que se juntam, trocam idéias e crescem, passando a produzir mais e melhor;
  • Grupo de costureiras, bordadeiras, doceiras, que produzem com capricho tudo o que fazem, que são criações próprias;
  • Cooperativas de catadores(também chamados de coletores de materiais recicláveis), que se juntaram para coletar, reciclar e transformar o lixo;
  • Pessoas e grupos que, em vez de vender, trocam entre si o que produzem;
  • Trabalhadores de fábricas falidas, que formam novas empresas solidárias, e, juntos, em igualdade de condições, são responsáveis pela recuperação, administração e funcionamento dessas empresas renovadas;
  • Amigos, vizinhos, colegas de trabalho, que se organizam para fazer compras solidárias, que beneficiam tanto quem consome quanto quem produz;
  • Comunidades que usam moeda social em seus clubes de trocas; Bancos solidários, emprestando dinheiro sem juro, ou a juros baixíssimos, para financiar outros empreendimentos solidários;
  • Cadeias de produção solidária, em que um grupo que coopera produzindo, vende a outro grupo, que coopera comprando.

São milhares de empreendimentos como esses, em todo o país, produzindo, vendendo, comprando solidariamente, gerando trabalho e renda.

Fonte: Cartilha do Ministério da Cultura

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License